segunda-feira, 27 de junho de 2011

Saudades

Já ouvi dizer que os esquimós têm mais de dez palavras que significam "neve", cada uma para um tipo de neve, o que faz sentido se você é um esquimó e saber o tipo de neve pode ser a diferença entre a vida e a morte, mas nenhum sentido no Brasil, onde nunca neva. Eu sei que o feminino de papa é papiza, mas isso também não faz a menor diferença, porque não vai ser tão cedo que vai existir uma papiza.
Não existe nenhuma outra língua no mundo que tenha uma palavra para saudades. Traduz para miss, em inglês, que na verdade significa "perda". Mas sentir saudades não é o mesmo que sentir uma perda.




E quem disse que a saudade que eu sinto é a mesma que o outro sente? Talvez estejamos presos a uma espécie de torre de babel ao falar de sentimento, e ao, com nossas línguas que têm uma capacidade limitada de descrever as coisas do mundo, fico com a sensação de que não é bem isso.

Como se chama quando você está feliz porque o momento foi muito especial, e triste porque o momento especial se foi, e ao mesmo tempo sabe que foi especial porque não passou de um momento que não voltará?

E o mundo gira e continua sem se importar com o que eu acho.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. mmm, em espanhol:

    morriña.

    (Del gall. port. morrinha).

    1. f. coloq. Tristeza o melancolía, especialmente la nostalgia de la tierra natal.

    http://buscon.rae.es/draeI/SrvltGUIBusUsual?TIPO_HTML=2&TIPO_BUS=3&LEMA=morri%C3%B1a

    ResponderExcluir
  3. Puxa, minha premissa já era, hahaha!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário